Cimpor vai aumentar produção de cimento em Moçambique para 2,4 milhões de toneladas

29 September 2013

A Cimpor vai aumentar a capacidade de produção de cimento em Moçambique para 2,4 milhões de toneladas anuais com a entrada em funcionamento da nova moagem do Dondo, de acordo com um comunicado do grupo controlado pela Intercement, do grupo brasileiro Camargo Corrêa.

“Com este crescimento orgânico, a Cimentos de Moçambique, empresa do Grupo Cimpor, aumenta a sua capacidade de produção anual em cerca de meio milhão de toneladas de cimento, mais do que duplicando a actual capacidade da fábrica do Dondo, que atende os mercados de Sofala, Tete, Manica e sul da Zambézia”, sublinha um comunicado do grupo.

A nova moagem de cimento do Dondo entrou em fase de testes no dia 27 de Agosto, tendo produzido desde então mais de seis mil toneladas além da capacidade já instalada (0,4 milhões de toneladas).

Ao longo de Setembro, a nova unidade da Cimpor em Moçambique esteve em período de rodagem dos seus equipamentos e de ajuste de produção com o aumento progressivo da carga para moagem.

Em Julho passado, a Cimentos de Moçambique anunciou a assinatura de um contrato de arrendamento de uma moagem, localizada junto à fábrica da Matola, nos arredores a capital Maputo, aumentando então a sua capacidade de produção de cimento em 220 mil toneladas por ano.

A Cimpor conta com 40 unidades de produção e uma capacidade instalada de 45 milhões de toneladas anuais, estando presente, além de Moçambique e de Portugal, na África do Sul, Egipto, Cabo Verde, Brasil, Argentina e Paraguai. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH