Companhia de Moçambique emite 2 milhões de obrigações

2 October 2013

A emissão de obrigações da Companhia de Moçambique (Grupo Entreposto), histórico grupo moçambicano de capitais portugueses, na Bolsa de Valores de Moçambique (BVM) excedeu em mais de três vezes a oferta, de acordo com os resultados finais da operação.

De acordo com os dados divulgados pela Bolsa de Valores de Moçambique, a emissão de 2 milhões de obrigações ao preço unitário de 100 meticais deu origem à apresentação de 217 ordens de compra para mais de 7 milhões de títulos.

Montada pelo Moza Banco, a emissão de obrigações da Companhia de Moçambique, a primeira operação de uma empresa privada não-financeira na BVM, tem uma maturidade de 4 anos, com pagamento semestral de juros à taxa fixa de 13% nos dois primeiros anos, sendo nos restantes dois a taxa de juro indexada à taxa de facilidade permanente de cedência de liquidez do Banco de Moçambique, acrescida de uma margem de 4 pontos percentuais.

A emissão definida como pioneira pelo vice-presidente do Grupo Entreposto, José Cardoso, permitiu um encaixe de 200 milhões de meticais que vai permitir financiar o plano de investimentos, centrado no reforço da rede das delegações do grupo no país e na expansão acrescida na área imobiliária.

As obrigações Companhia de Moçambique 2013 serão agora admitidas à cotação na Bolsa de Valores de Moçambique, para transacção em mercado secundário. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH