Reservas petrolíferas nas águas territoriais de Angola estão estimadas em 12 667 milhões de barris

2 October 2013

As reservas petrolíferas de Angola em águas rasas, profundas e ultra profundas estão estimadas em 12 667 milhões de barris, disse segunda-feira em Nova Orleães o ministro angolano dos Petróleos, Botelho de Vasconcelos.

O ministro acrescentou que Angola produz actualmente 1,751 milhões de barris de petróleo por dia e que a curto prazo estará a produzir 2 milhões de barris por dia em resultado do aumento previsto da produção dos campos petrolíferos existentes.

No decurso do banquete anual da Sociedade dos Engenheiros de Petróleo, na cidade norte-americana de Nova Orleães, estado do Luisiana, o ministro anunciou igualmente irem ser colocados em concurso em Angola 15 novos blocos em terra a fim de inserir empresas privadas angolanas e possibilitar a formação de parcerias.

Citado pelo Jornal de Angola, Botelho de Vasconcelos salientou que a questão do “conteúdo nacional” constitui uma das preocupações do governo angolano, que pretende adoptar políticas para a inserção e participação dos empresários nacionais no desenvolvimento do país.

Neste contexto, disse, a definição da filosofia para o conteúdo nacional no sector está a ser analisada para proporcionar condições mais interessantes para os empresários nacionais, encorajando a criação de parcerias com empresas estrangeiras.

“Nos últimos, 20 anos o sector petrolífero em Angola registou uma dinâmica sem precedentes na costa ocidental de África”, disse, realçando que, como corolário, Angola tornou-se numa referência mundial no desenvolvimento e produção de campos petrolíferos em águas profundas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH