Porto da Beira, em Moçambique, com congestionamento resolvido a curto prazo

9 October 2013

A situação de congestionamento do porto da Beira, na província de Sofala, deverá ficar solucionada dentro de três meses, disse o administrador-delegado da Cornelder de Moçambique, Carlos Mesquita.

Citado pelo jornal Notícias, de Maputo, o administrador-delegado da empresa gestora do porto da Beira disse ainda tratar-se de um problema que se acentuou nos últimos dez anos com o aumento da carga e com a inversão da relação entre transporte ferroviário e transporte rodoviário.

No entanto, o problema está em vias de ser solucionado devido ao recomeço do transporte ferroviário de carga directo do porto da Beira para Lusaca, na Zâmbia, depois de uma paralisação de um quarto de século.

Carlos Mesquita disse que os portos de Moçambique estão preparados para fazer o escoamento das mercadorias numa percentagem de 75% por caminho-de-ferro e 25% por estrada, situação que foi invertida com a concessão do Sistema Ferroviário da Beira, formado pelas linhas de Machipanda, construída em 1906, e de Sena, 1914, à extinta Companhia Caminhos de Ferro da Beira (CCFB).

Devido à incapacidade da empresa em cumprir as cláusulas contratuais com a empresa Caminhos de Ferro de Moçambique, até há pouco tempo a carga chegada ao porto da Beira era escoada 65 a 70% por estrada e os restantes 35% a 40% por caminho-de-ferro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH