Governo de Angola inicia em Novembro programa de compra directa de produtos agrícolas

22 October 2013

O programa de compra de produtos agrícolas directamente aos produtores em Angola inicia-se a 5 de Novembro, com a entrada em funcionamento dos centros logísticos nas províncias de Luanda, Huambo, Bié, Cuanza Sul e Benguela, anunciou segunda-feira a ministra do Comércio.

De acordo com a agência noticiosa angolana Angop, nesse dia a ministra deslocou-se à província do Huambo a fim de constatar o estado de execução do programa e identificar as zonas principais para a recolha de produtos agrícolas para o seu escoamento para os principais mercados consumidores.

Em cada centro logístico serão construídos mercados rurais e agências bancárias móveis do Banco de Poupança e Crédito, onde os camponeses venderão os respectivos produtos, recebendo de imediato o seu valor sem que haja lugar a intermediários.

Rosa Pacavira referiu que o programa visa essencialmente combater a pobreza no mundo rural, o aumento da produção agrícola e do rendimento familiar e fomentar o desenvolvimento da agricultura, considerado como factor-chave para o crescimento económico de Angola.

Na ocasião, a ministra anunciou que o Ministério do Comércio vai distribuir, no próximo ano, camiões para facilitar as associações de camponeses e cooperativas agrícolas do país a escoarem os seus produtos para os principais mercados consumidores.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH