Grupo estatal português CGD vende participação no capital da Portugal Telecom

24 October 2013

O grupo financeiro estatal português Caixa Geral de Depósitos vendeu uma participação de 6,11% no capital social da Portugal Telecom, de acordo com o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

No comunicado, o grupo informa ter concluído a colocação das acções representativas da participação junto de investidores qualificados e obtido um encaixe de 190,6 milhões de euros.

Com esta alienação, o banco público fica ainda com 0,20% da operadora de telecomunicações, tendo em conta que detinha 6,31% do capital.

O grupo público enquadrou a decisão “no contexto da estratégia de desinvestimento em activos não estratégicos”, cuja alienação, exigida no programa de apoio financeiro a Portugal, já rendeu à instituição cerca de 850 milhões de euros no último ano e meio.

Esta venda marca o afastamento quase que definitivo dos capitais públicos da estrutura accionista da PT, depois de o Estado ter eliminado a “golden share”, acção que lhe concedia direitos especiais e que permitiu, por exemplo, travar inicialmente a compra da Vivo pela Telefónica em 2011.

No início do mês, foi anunciada a assinatura de um acordo de intenções definindo princípios para uma proposta de fusão entre os grupos Portugal Telecom (PT) e brasileiro Oi foi assinado quarta-feira dando origem a uma empresa denominada CorpCo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH