Governo da província de Cabinda, Angola, quer entregar explorações agrícolas abandonadas

28 October 2013

As explorações agrícolas sub-aproveitadas ou abandonadas na província de Cabinda, norte de Angola, vão reverter para o Estado para posterior entrega a entidades privadas com capacidade financeira e de gestão, disse o secretário provincial João Macaia Tati.

Citado pela agência noticiosa Angop, o secretário da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas disse ainda que o governo provincial está a trabalhar com o Ministério da Agricultura no sentido de fazer com que as referidas explorações agrícolas voltem à posse do Estado.

Em causa estão explorações de café e de cacau e palmares votadas ao abandono desde o seu redimensionamento há mais de 20 anos a favor dos actuais donos, que se revelaram incapazes de proceder ao seu aproveitamento.

O secretário provincial da Agricultura sublinhou que a revitalização do sector passa pela aplicação da estratégia do governo da província que visa a recuperação das explorações que se encontram nesta situação, em particular quatro que têm uma área conjunta de quase 1400 hectares.

João Macaia Tati adiantou que para que essas explorações voltem a ser produtivas será necessário substituir as plantas, algumas com mais de 60 anos, estando já em curso a importação do Brasil e da Malásia de milhares de novas plantas pelo Instituto Nacional de Café.

As novas plantas a serem produzidas nos viveiros em duas estações experimentais, serão posteriormente distribuídas aos produtores com o objectivo de fazer de Cabinda uma província produtora de óleo de palma, café e cacau, disse ainda o secretário provincial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH