Governo de Cabo Verde pretende que privados assumam organização da ExpoMar

28 October 2013

As entidades privadas ligadas à economia marítima devem assumir a organização da ExpoMar já a partir da próxima edição para que o certame passe a ser uma referência internacional, afirmou o secretário de Estado dos Recursos Marinhos de Cabo Verde.

O secretário de Estado Adalberto Vieira defendeu que após o arranque de iniciativas, o Estado deve retirar-se, deixando o sector privado assumir o seu papel de protagonista e dinamizador de negócios.

Em declarações ao jornal asemanaonline, Vieira referiu-se à importância de materializar iniciativas privadas no âmbito do agrupamento (“cluster”) do mar e igualmente de outros projectos em curso, a fim de internacionalizar e tornar a ExpoMar numa marca de Cabo Verde, no contexto da economia marítima.

O secretário de Estado dos Recursos Marinhos informou que a próxima edição da ExpoMar terá a presença de expositores da Galiza, Espanha, de Portugal e da sub-região africana em que Cabo Verde está inserido.

A II edição do ExpoMar contou com a participação de 43 empresas nacionais, sete de Espanha e ainda do Senegal e de Portugal, tendo a feira recebida mais de dois mil visitantes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH