Produção de gás natural em Angola a 20% da capacidade

29 October 2013

A produção de gás natural em Angola é actualmente de 20% da capacidade instalada devendo estar a funcionar em pleno apenas no final de 2014, disse em Luanda um quadro superior da estatal Sonangol.

À margem do Fórum Indústria de Angola, Paulo Fernandes acrescentou que o quinto carregamento de gás natural deverá ser preparado antes da suspensão da produção para a manutenção das instalações, situadas no Soyo, norte de Angola.

Paulo Fernandes acrescentou que apenas dois blocos, o 17, explorado pela francesa Total, e o 31, pela britânica BP, estão a canalizar gás para a unidade de processamento do Soyo.

Os problemas registados no arranque do projecto, que obrigaram a sucessivos adiamentos da saída do primeiro carregamento, que ocorreu somente em Junho passado para o Brasil, fazem com que a fábrica comece a operar na totalidade “provavelmente” no final de 2014.

Lançado em 2007 para aproveitar o gás natural resultante da exploração petrolífera, evitando a sua queima, o projecto Angola LNG reúne a Chevron (36,4%), Sonangol (22,8%), BP Exploration (13,6%), ENI (13,6%) e Total (13,6%) e representa um investimento de 10 mil milhões de dólares prevendo-se que tenha uma vida útil mínima de 30 anos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH