Grupo Energias de Portugal adia para 2014 venda de activos em Espanha à China Three Gorges

30 October 2013

O grupo EDP – Energias de Portugal adiou para 2014 a venda de parques eólicos em Espanha à China Three Gorges, o seu maior accionista com 21,35%, afirmou quarta-feira o presidente da EDP Renováveis, João Manos Neto.

João Manos Neto disse que o negócio, previsto no âmbito do acordo de parceria estratégia, aguarda a clarificação do impacto da recente reforma do sector energético em Espanha.

O acordo com a China Three Gorges contemplava a entrada de dois mil milhões de euros, entre 2012 e 2015, com a venda de participações de 34% a 49% relativas a projectos instalados (900 megawatts) ou em fase de arranque de construção (600 MW), num total de 1500 MW.

Deste montante, foram apenas contratados 359 milhões de euros, referentes a 644 MW, referentes a parques eólicos instalados no mercado português, montante que, de acordo com o jornal português Diário Económico, fica aquém do compromisso de 800 milhões de euros que o grupo chinês aplicaria numa primeira fase até Maio de 2013. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH