Brasil vai vender à China 1750 milhões de dólares em milho

6 November 2013

O Brasil vai vender à China milho no valor de 4 mil milhões de reais (1750 milhões de dólares), nos termos de um acordo de exportação quarta-feira assinado em Cantão no decurso da sessão plenária da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban).

“O protocolo que assinámos amplia o leque de produtos de alta qualidade e de preço competitivo que o Brasil pode fornecer à China”, disse o vice-presidente brasileiro, Michel Temer, citado pela imprensa brasileira.

Ido de Macau, onde participou na 4ª Conferência Ministerial entre a China e os países de língua portuguesa, para Cantão, para a reunião da Cosban, Michel Temer disse ainda ter ficado acordado com as autoridades chinesas o levantamento do embargo à carne bovina brasileira.

“Por isso, acordámos com as autoridades chinesas a mais rápida realização de visitas técnicas, tendo igualmente em vista a homologação de mais empresas exportadoras de carnes bovina, suína e de aves”, disse o vice-presidente, citado pela imprensa brasileira.

Michel Temer adiantou estar o Brasil aberto a investimentos por parte das empresas chinesas, em especial nos sectores ferroviário, portuário e aeroportuário e rodoviário.

A China é desde 2009 o maior parceiro comercial do Brasil e um dos principais países de origem do investimento direto estrangeiro no país, tendo as trocas comerciais bilaterais somado 75,4 mil milhões de dólares em 2012, com exportações brasileiras de 41,2 mil milhões de dólares e importações de 34,2 mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH