Empresas de Cabo Verde à procura de financiamento na China

11 November 2013

As empresas Halcyonair Airways e a Sociedade de Gestão de Investimentos (Sogei), ambas de Cabo Verde, apresentaram projectos para eventual financiamento pelo Fundo de Cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, informou a agência noticiosa Inforpress.

Carla Spencer Lima, que participou no encontro dos empresários entre a China e os países de língua portuguesa, realizado a 6 de Novembro em Macau, disse ter apresentado dois projectos que poderão ser contemplados com financiamento quer do Fundo do Desenvolvimento China-África quer do Fundo de Cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

“A Halcyonair apresentou um projecto de aviação civil no sentido de encontrar parceiros estratégicos e financiamento principalmente para reiniciar as actividades enquanto a Sogei expôs o seu projecto de turismo residencial, que está a desenvolver na ilha de Maio, denominado Salinas Beach Resort”, adiantou Carla Spencer Lima.

Dizendo que a apresentação dos dois projectos visa fazer de Cabo Verde uma plataforma estratégica de prestação de serviços e transporte, Carla Lima adiantou que o financiamento solicitado é de 33 milhões de euros para a Sogei e de 15 milhões de euros para a Halcyonair.

Carla Spencer Lima foi a única mulher empresária a integrar a delegação cabo-verdiana que esteve presente no encontro de empresários, no âmbito da IV Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum de Macau), realizada dia 5 de Novembro.

Fundada em Junho de 2003, a Sociedade de Gestão de Investimentos (Sogei) tem por objectivo social a gestão de investimentos, a execução de projectos na área imobiliária, a compra, venda, construção, gestão e exploração, sob qualquer forma, de unidades hoteleiras, de aldeamentos turísticos ou de outros meios de alojamento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH