Moçambique procura na Índia ajuda para o aumento da produção de chá

20 November 2013

Uma delegação de pequenos produtores indianos de chá reuniu-se terça-feira em Calcutá com enviados do governo de Moçambique para analisar a possibilidade de montar pequenas explorações de chá naquele país, noticiou a imprensa indiana.

A delegação liderada por Bijoy Gopal Chakraborty, presidente da Confederação das Associações de Pequenos Produtores de Chá da Índia, reuniu-se com José Maria Morais, embaixador de Moçambique na Índia e com Vicente Paulo Chihale, conselheiro comercial da embaixada.

O embaixador disse haver em Moçambique 39 mil hectares de antigas plantações de chá, de que apenas 6 mil hectares estão na posse de entidades privadas, necessitando o país de conhecimentos e investimento para poder relançar a produção de chá.

Os membros da delegação indiana disseram a José Maria Morais haver na Índia cerca de 200 mil pequenos produtores de chá que, em conjunto, asseguram 35% da produção global do país.

De acordo com o jornal indiano The Economic Times Moçambique vai enviar uma missão à Índia a fim de observar no terreno a organização e os métodos de trabalho dos pequenos produtores de chá, que será seguida por uma visita de uma delegação indiana a Moçambique.

De acordo com dados do sector, Moçambique ocupa actualmente a 21ª posição na lista dos maiores produtores de chá, com uma produção anual de 16 mil toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH