Empresário angolano António Mosquito passa a controlar construtora portuguesa Soares da Costa

26 November 2013

O empresário angolano António Mosquito vai passar a controlar 66,7% do capital social da empresa portuguesa de construção civil Soares da Costa, nos termos de um acordo alcançado com Manuel Fino, empresário que controla a totalidade do capital da empresa.

De acordo com comunicado enviado pelo grupo Soares da Costa Comissão do Mercado de Valores Mobiliários foi terça-feira assinado um acordo “com a sociedade GAM Holdings, sociedade de direito luxemburguês, totalmente detida pelo senhor António Mosquito” para a realização de um aumento de capital de 70 milhões de euros na construtora Soares da Costa.

Esse investimento de 70 milhões de euros será integralmente subscrito pelo empresário angolano em dinheiro, após o que António Mosquito passará a controlar 66,7% do capital da construtora, ficando os restantes 33,3% nas mãos de Manuel Fino, que neste momento ainda controla 100% do capital da empresa.

A GAM é a SGPS do grupo António Mosquito, um grupo empresarial com interesses em sectores diversificados, desde a construção civil, imobiliário, minas, exploração petrolífera ou importação de automóveis.

Além da subscrição integral deste aumento de capital na Soares da Costa, o acordo estabelece também um pacto accionista entre o grupo Soares da Costa, liderado por Manuel Fino, e António Mosquito “relativo à Soares da Costa – Construção, SGPS, SA e que define os termos da parceria estratégica entre os signatários.”

Esta proposta de acordo foi anunciada ao mercado a 13 de Agosto, tendo sido aprovado pela assembleia geral da Soares da Costa a 23 de Setembro. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH