Norueguesa Statoil vai concentrar investimentos em Angola e sair de Moçambique

26 November 2013

A Statoil, a maior produtora de petróleo e gás da Noruega, vai concentrar os seus investimentos nas descobertas mais recentes, nomeadamente Angola, Tanzânia, Brasil e golfo do México, anunciou a empresa.

Citado pela agência financeira Bloomberg, o responsável do grupo para as actividades de prospecção, Tim Dodson, afirmou também que, muito provavelmente, a Statoil sairá de Moçambique.

“Vamos ser muito mais selectivos na assunção de novas oportunidades”, disse Tim Dodson em Oslo, acrescentando que é necessário que a petrolífera faça uma gestão rigorosa dos investimentos em capital.

No ano passado, a Statoil obteve novas reservas provadas de 1,5 mil milhões de barris e, já este ano, até ao momento, chegou a quase 900 milhões de barris, mais do que qualquer outra companhia petrolífera.

A Statoil vendeu durante este ano activos noruegueses e contraiu empréstimos para financiar o aumento dos investimentos previstos para os próximos anos.

Os investimentos em exploração no próximo ano serão semelhantes ao de 2013, ou seja cerca de 3,75 mil milhões de dólares para 60 poços.

A Statoil vai operar dois poços ao largo de Angola no próximo ano, dois ao largo das ilhas Faroe e um ou dois no golfo do México, anunciou Tim Dodson e vai ainda perfurar seis poços ao largo da Tanzânia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH