Transportadora aérea chinesa OK Airways poderá adquirir Transportes Aéreos de Cabo Verde

27 November 2013

A transportadora aérea chinesa OK Airways pretende adquirir uma participação no capital e operar as rotas para África, Brasil, Europa e Estados Unidos da América da Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV), de acordo com o jornal cabo-verdiano A Semana.

O jornal adiantou que uma delegação da empresa chinesa esteve na semana passada em Cabo Verde, tendo efectuado uma ronda pelos aeroportos do arquipélago na companhia de representantes da TACV e da empresa estatal Aeroportos e Segurança Aérea (ASA).

O presidente da ASA, Mário Paixão, disse ao jornal que que a empresa limitou-se a acompanhar a delegação chinesa na visita aos aeroportos, juntamente com o pessoal da TACV, para mostrar a nossa logística, as instalações, as características técnicas das nossas operações.”

Mário Paixão disse ainda ter manifestado total abertura para cooperar com a Ok Airways nas suas actividades, caso venha a instalar-em Cabo Verde, “tal como fazemos com todas as companhias que visitam Cabo Verde.”

O presidente da ASA adiantou ao jornal que mesmo que o negócio de compra da TACV não se venha a concretizar, a OK Airways pretende começar a operar no mercado de Cabo Verde com voos internacionais ou mesmo inter-ilhas.

A Okay Airways foi fundada em 2004 e iniciou a actividade um ano mais tarde, tendo a base no aeroporto de Tianjin, a partir de onde cerca de 20 rotas na China, além do serviço de carga.

A frota da companhia é actualmente composta por sete aparelhos – dois Boeing 737-300, três Boeing 737-800 e dois Xian MA-60. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH