China concede ajuda não-reembolsável a Angola no montante de 200 milhões de yuans

18 December 2013

A China vai prestar uma ajuda não-reembolsável a Angola no montante de 200 milhões de yuans (32 milhões de dólares) a serem aplicados na reconstrução do Hospital Geral de Luanda, nos termos de um acordo de cooperação económica e técnica quarta-feira assinado na capital angolana.

A Secretária de Estado das Relações Exteriores para a Cooperação, Ângela Bragança, disse que o acordo por si assinado e pelo embaixador da China em Angola, Gao Kexiang, “é mais um passo na consolidação da parceria estratégica bilateral, que já está ao nível da excelência.”

“Existe o projecto do Hospital Geral de Luanda, que se encontra em fase de acabamento, decorrendo nesta altura as questões precisamente ligadas ao seu apetrechamento”, referiu.

Ângela Bragança adiantou que ter a parte chinesa confirmado recentemente a concessão de apoio para a construção do Instituto de Relações Internacionais, “entre outras acções que se enquadram na iniciativa do Fórum Macau.”

Por seu turno, o embaixador disse que a ajuda agora concedida abrange igualmente a construção de uma escola primária na província do Huambo e de um centro agrícola em Luanda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH