Cuanza Norte vai ser a província de Angola com maior produção de energia hidroeléctrica

29 December 2013

O Cuanza Norte será dentro de cinco anos a província de Angola com a maior produção de energia hidroeléctrica quando ficarem concluídas as obras de construção da barragem de Laúca e de modernização da de Cambambe, de acordo com o director do projecto.

Citada pela agência noticiosa angolana Angop, Elias Estevão, director do Gabinete de Aproveitamento do Médio Cuanza, disse que aqueles dois aproveitamentos, localizados no curso médio do rio Cuanza, estão projectados para produzir 3030 megawatts de electricidade, com a Laúca a produzir 2070 megawatts e a Cambambe 960.

Elias Estevão disse ainda que aquela produção de energia é fundamental para promover a industrialização de Angola e permite a mais de oito milhões de angolanos, na sua maioria das províncias de Luanda, Cuanza Norte, Cuanza Sul e Uíge, terem o abastecimento regular de energia eléctrica reforçado, já a partir de 2016.

A barragem de Cambambe, construída na década de 50 do século XX, está a ser objecto, desde 2009, de obras de reparação, ampliação e modernização, para elevar a sua capacidade de produção de electricidade de 180 megawatts para 960 megawatts.

O projecto de modernização da barragem de Cambambe é feito em três fases, que compreendem a elevação do paredão de 102 para 132 metros e a construção de uma nova central dotada de quatro unidades geradoras.

O complexo hidroeléctrico de Laúca vai ter duas centrais, uma constituída por seis unidades geradoras que vão produzir um total de 2004 megawatts de energia eléctrica e outra central eólica com capacidade para produzir 65 megawatts.

Após a conclusão das obras, em 2018, a cargo da empresa brasileira Odebrecht, a barragem de Laúca, construída em betão, vai ter 132 metros de altura, 1100 metros de comprimento e uma albufeira com 188 quilómetros quadrados. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH