Governo de Cabo Verde quer privatizar transportadora aérea nacional

1 January 2014

A privatização da Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) e a reprivatização da empresa de água e electricidade Electra são as grandes prioridades do governo para 2014, anunciou na Praia o primeiro-ministro José Maria Neves.

O primeiro-ministro anunciou igualmente que o governo pretende para este ano a entrada em funcionamento do balcão único do investimento e do centro internacional de negócios.

“Vamos continuar a trabalhar no domínio da diplomacia económica, reforçando a presença na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e as relações com Marrocos, Mauritânia, Angola, África do Sul, Brasil, Estados Unidos, Singapura, Índia, China e Japão”, informou o primeiro-ministro.

Cabo Verde vai também fortalecer a cooperação com os países do Golfo Pérsico em 2014, altura em que propõe consolidar a sua presença na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a parceria especial com a União Europeia.

Segundo José Maria Neves, no próximo ano, o governo vai aplicar 25 mil milhões de escudos na construção de infra-estruturas nos domínios de energia, água e saneamento.

2014 será também o ano da conclusão da expansão e modernização dos portos, destacando-se o arranque dos de Maio e do Tarrafal de São Nicolau e a conclusão dos de Boa Vista e de São Filipe (Fogo), bem como da privatização das operações portuárias. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH