Governo de Angola inaugurou em 2013 mais de 100 estações ferroviárias

9 January 2014

Mais de 100 estações ferroviárias foram inauguradas em Angola em 2013 pelo Ministério dos Transportes, no âmbito do projecto governamental de reconstrução da rede de caminhos-de-ferro, de acordo com um comunicado divulgado em Luanda.

Ao efectuar o balanço de 2013, o Ministério dos Transportes realçou igualmente o reforço da capacidade de escoamento de mercadorias e a distribuição, ainda em Luanda, de autocarros para o transporte inter-provincial, interurbano, inter-municipal e urbano.

Citado pela agência noticiosa Angop, o comunicado oficial recorda que no município do Lobito foram recuperados dois cais no porto da cidade e construídos de raiz os terminais de contentores e de minérios e um porto seco, que incluem edifícios para os serviços administrativos e técnicos, sistemas alternativos de energia e equipamentos para o processamento de cargas.

O comunicado salienta estar em curso a construção do canal no rio Cuando para ligação à vizinha Zâmbia bem como as infra-estruturas portuárias de apoio para atender o transporte fluvial transfronteiriço na província do Cuando Cubango.

A par disso prosseguiram os estudos para a construção dos portos de Dande, de Porto Amboim e o de águas profundas de Cabinda, cujo concurso de pré-qualificação foi já lançado, bem como de terminais marítimos de passageiros ao longo da costa angolana e respectivos serviços de cabotagem.

Por último, o Ministério dos Transportes recorda terem o Instituto Marítimo e Portuário de Angola e a Secil Marítima assinado em Genebra, Suíça, com a Mediterranean Shipping Company um acordo que visa criar as bases para o relançamento da operação de transporte marítimo de mercadorias de bandeira angolana. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH