Grupo tailandês PTT anuncia investimentos em Moçambique em 2014

12 January 2014

A PTT Exploration and Production (PTTEP) da Tailândia pretende investir 5,5 mil milhões de dólares em 2014, a maior parte no projecto de exploração de gás natural no norte de Moçambique, informou o grupo de acordo com a agência financeira Reuters.

A PTTEP é a mais importante subsidiária do grupo estatal PTT e controla uma participação de 8,5% do consórcio liderado pelo grupo norte-americano Anadarko Petroleum no bloco Área 1 da bacia do Rovuma, província de Cabo Delgado.

Em Dezembro último, o grupo PTT assinou um contrato-promessa com a Anadarko Petroleum para a aquisição de 2,6 milhões de toneladas de gás natural liquefeito por ano a ser extraído naquele bloco, que fica na mesma zona onde algumas outras empresas estão envolvidas na pesquisa de hidrocarbonetos.

De acordo com o director executivo da PTTEP, Tevin Vongvanich, o plano de investimentos do grupo para 2014 apresenta um valor superior em cerca de 60% à previsão inicial, indo a maior parte ser aplicada no projecto em Moçambique.

Além da PTTEP e da Anadarko, o consórcio responsável pela Área 1 da Bacia do Rovuma integra também a estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos de Moçambique (15%), Mitsui E&P Mozambique (20%), BPRL Ventures Mozambique B.V. (10%) e Videocon Mozambique (10%).

Em Agosto do ano passado, a Anadarko reduziu a sua participação, ao vender uma fatia da sua participação, que passou de 36,5% para 26,5%, à empresa indiana ONGC Videsh que, para o efeito, desembolsou 2,64 mil milhões de dólares.

Na mesma altura, a companhia estatal indiana de hidrocarbonetos ONGC e a empresa Oil India chegaram a um acordo para a aquisição da participação de 10% da Videocon Industries na mesma área, pela soma de 2,5 mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH