Primeiro-ministro do Japão anuncia apoio de 672 milhões de dólares a Moçambique a cinco anos

12 January 2014

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou domingo em Maputo um apoio de 672 milhões de dólares a Moçambique a serem aplicados no decurso dos próximos cinco anos em projectos de desenvolvimento, nomeadamente de infra-estruturas e fomento agrícola.

O apoio, que abrange outras áreas de cooperação, foi assinado no final das conversações havidas domingo entre o Presidente de Moçambique, Armando Guebuza, e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, de visita ao país desde sábado.

Incluídos no pacote de apoio estão os projectos de construção de uma central termoeléctrica e do Instituto Superior de Ciências de Saúde.

Foi igualmente assinado um memorando de entendimento entre os dois países para um intercâmbio entre o Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM) e o Centro de Investigação Internacional para Ciências Agrárias do Japão.

No domínio da educação, os dois países assinaram um acordo para a investigação académica entre a Universidade Eduardo Mondlane, a mais antiga instituição de ensino superior no país, e a Universidade de Akita e a UniLúrio, universidade pública com sede em Nampula, vai também cooperar no intercâmbio académico com a Universidade de Ehime.

No final do encontro, o Presidente moçambicano elogiou o projecto agrário entre Moçambique, Brasil e Japão (Pró-Savana), salientando que a iniciativa visa beneficiar os agricultores moçambicanos e o primeiro-ministro do Japão disse que o mesmo é um exemplo de cooperação internacional para o desenvolvimento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH