Japão vai pagar construção de central de ciclo combinado em Maputo, Moçambique

14 January 2014

O Japão vai contribuir com 17,3 milhões de dólares para financiar a construção, em Maputo, de uma central eléctrica de ciclo combinado, informou terça-feira em comunicado a embaixada do Japão em Moçambique.

A mesma nota refere que o complexo em perspectiva está inserido no projecto de desenvolvimento do sector de energia designado “Maputo Gas Fired Combined Cycle Power Plant”, que consiste na construção de uma unidade para a produção combinada de energia eléctrica.

O acordo para a viabilização deste projecto foi assinado no passado domingo, no decurso da visita do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe.

Na ocasião, o presidente da estatal Electricidade de Moçambique recordou que cerca de 99% da energia que o país produz tem origem em recurso hídricos, “o que é arriscado, uma vez que num ano de seca podemos ter problemas no que respeita ao fornecimento de energia.”

Dizendo que uma central a gás introduz um factor de segurança no fornecimento de energia eléctrica, Augusto Fernando disse que a central de ciclo combinado poderá começar a funcionar em 2018, indo garantir cerca de um terço do actual consumo da cidade de Maputo.

Uma central de ciclo combinado é uma central eléctrica em que a energia térmica do combustível é transformada em electricidade através de dois ciclos termodinâmicos – o correspondente a uma turbina de gás, habitualmente natural, mediante combustão e convencional de água/turbina de vapor. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH