Estatal Sociedade Portos de Cabo Delgado recebe em concessão portos de Pemba e Palma, em Moçambique

22 January 2014

O governo de Moçambique formalizou quarta-feira a entrega em regime de concessão dos terminais portuários e logísticos de Pemba e Palma à empresa de capitais públicos Sociedade Portos de Cabo Delgado, informou a agência noticiosa AIM.

A Sociedade Portos de Cabo Delgado é uma parceria entre as empresas públicas Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) e Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), em 50% cada, tendo a concessão dos terminais portuários e logísticos de Pemba e Palma, por um período de 30 anos, sido aprovada em Dezembro último.

O presidente da Sociedade Portos de Cabo Delgado, John Kachamila, disse na ocasião que a empresa vai efectuar um investimento inicial de cerca de 150 milhões de dólares na construção de infra-estruturas, visando assegurar a logística do desenvolvimento de gás natural em Cabo Delgado.

As maiores intervenções serão realizadas nos portos de Pemba e Palma e, neste último local, será implantado um porto com a finalidade principal de garantir a exportação de gás natural liquefeito, cujo projecto de exploração e processamento deverá iniciar-se em 2015.

Em Pemba será construído um outro porto junto ao actualmente existente e que é gerido pela estatal CFM, indo o novo porto ser construído e gerido num regime especial que abrirá espaço para atracção de investimentos privados.

Os dois portos servirão de ponto de entrada para todos os equipamentos necessários para o funcionamento das empresas que actualmente fazem a prospecção de hidrocarbonetos na bacia do Rovuma e para a exportação dos produtos finais, com destaque para o gás natural liquefeito.

A Sociedade Portos de Cabo Delgado tem ainda por missão a identificação e difusão para os empresários moçambicanos de todas as oportunidades de negócio que vão surgir a montante e a jusante da exploração de hidrocarbonetos naquela província de Moçambique. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH