Porta-aviões da Itália promove em Moçambique sector empresarial italiano

27 January 2014

Uma missão da marinha italiana está a promover em Moçambique alguns dos mais importantes sectores industriais de Itália, sobretudo ligados ao ramo militar, naval e de mobiliário e decoração, numa campanha que vai passar por 20 países da região do Golfo Pérsico e de África.

A bordo de um porta-aviões, o “Cavour”, que se faz acompanhar por três outros navios militares, o 30.º grupo naval da marinha italiana tem instalada uma feira empresarial, que conta cerca de duas dezenas de expositores e na qual se destacam grupos como o Fincantieri, “líder mundial na construção de navios de cruzeiro e mercantes para apoio a plataformas em alto-mar.”

Outras empresas, como a Finmeccanica, ligada à área de aeronáutica e de segurança, ou a Beretta, de produção de armamento, integram também a missão empresarial, que apresenta a FederlegnoArredo, uma federação económica que representa cerca de 1900 produtores italianos da indústria da madeira e de mobiliário e decoração.

Falando na apresentação pública da missão da marinha italiana, na segunda-feira, o presidente da FederlegnoArredo, Roberto Snaidero, destacou a importância da iniciativa para a economia italiana que, segundo disse, continua a ser afectada pela crise económica e financeira europeia.

Nos seis expositores da organização, cujas vendas anuais ultrapassam 30 mil milhões de dólares, estão a ser exibidos 90 produtos de 40 empresas italianas da indústria de mobiliário e decoração, numa antecipação do Salão Internacional do Móvel, que a FederlegnoArredo promove em Abril, em Milão, na Itália.

A campanha “Um País em Movimento”, da marinha de Itália, estará em Maputo até ao dia 1 de Fevereiro, seguindo depois para a Cidade do Cabo, na África do Sul, de onde se deslocará até ao porto de Luanda, em Angola, no qual estará atracada entre os dias 15 e 19 de Fevereiro.

Com uma duração prevista de cerca de seis meses, a campanha teve início em Novembro de 2013, devendo percorrer cerca de 36 mil quilómetros e visitar 20 países antes de regressar a Itália. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH