Moatize, em Moçambique, vai ter aterro sanitário para resíduos da indústria extractiva

28 January 2014

Um aterro sanitário para a deposição de resíduos sólidos, incluindo perigosos, resultantes das operações de extracção de minerais está a ser projectado para os arredores da vila de Moatize, na província de Tete, noticiou o matutino Notícias, de Maputo.

O projecto de construção de um aterro sanitário e industrial no distrito de Moatize, a cargo da empresa Moz Environmental Limitada, associada ao grupo sul-africano Interwaste, surge num período em que Tete regista um rápido crescimento económico atribuído, fundamentalmente, ao desenvolvimento do sector mineiro.

A proposta de desenvolvimento do aterro, de acordo com o esboço para consulta pública promovida pela ERM International Services, em parceria com a Impacto Projectos e Estudos Ambientais, resulta do aumento da procura regional de soluções de gestão de resíduos em condições sustentáveis e seguras em termos ambientais.

O local proposto para a implantação do novo aterro já foi aprovado pelo governo, ficando a aproximadamente oito quilómetros a leste da vila de Moatize e ocupando uma área aproximada de 20 hectares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH