Moçambique importou em 2013 apenas 13% de automóveis novos

24 February 2014

A importação por Moçambique de veículos automóveis novos representou em 2013 cerca de 13% do total de viaturas importadas, de acordo com um estudo da Associação de Importação e Distribuição de Automóveis de Moçambique (AIDAM) segunda-feira divulgado.

O estudo revela que dos 45 000 veículos importados por Moçambique no último ano, apenas cerca de 6000 eram novos, adquiridos na sua maioria por instituições privadas e públicas.

Com o estudo, a organização, que congrega 14 vendedores e representantes de marcas, quer alertar o governo para a falta de legislação sobre a importação de veículos usados, o que, dizem, poderá contribuir para o aumento da sinistralidade rodoviária em Moçambique.

“Se queremos ter segurança rodoviária e acautelarmos a questões ambientais precisamos de regulamentar o sector (…) uma vez que a partir do quinto ano de circulação de uma viatura, o desgaste acentua-se”, afirmou o presidente da AIDAM, Nuno Sousa, citado pela imprensa moçambicana.

Dalila Tsihlakis, presidente da Ronil, agente exclusivo em Moçambique das marcas Mazda, Iveco e BMW, disse há dias que parte dos cerca de 39 mil veículos comprados em segunda mão nem chega a circular seis meses dado chegar a Moçambique já avariado ou com defeitos graves. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH