Produção de petróleo em Angola deverá atingir 2 milhões de barris por dia em 2015

25 February 2014

Angola deverá atingir uma produção de 2 milhões de barris de petróleo por dia em 2015 não obstante a queda registada em 2013, garantiu terça-feira em Luanda o presidente da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol).

No decurso da apresentação de resultados, Francisco de Lemos Maria disse que a produção angolana de petróleo registou uma quebra homóloga de 3% em 2013 devido a problemas técnicos registados em blocos operados pelos grupos Total, BP e Chevron e Exxon Mobil dos Estados Unidos.

Lemos Maria disse ainda que, devido à quebra na produção e do preço do barril, a Sonangol registou uma quebra nas vendas que ascendeu a 3687 milhões de dólares em valor ou 11% comparativamente a 2012.

Em resultado da produção de 626,1 milhões de barris, menos do que os 633,1 milhões registados em 2012, a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola registou um lucro de 2,96 mil milhões de dólares, disse ainda Francisco de Lemos Maria.

No mesmo encontro, Anabela Fonseca, administradora com o pelouro dos investimentos internacionais, anunciou que a empresa decidiu abandonar a exploração de dois campos de petróleo no Iraque devido a questões de segurança.

A Sonangol obteve em 2009 a operação dos campos petrolíferos Qayara e Najmah, na região nordeste do Iraque, aguardando apenas pelos resultados de uma auditoria técnica e financeira para poder sair do país sem violar qualquer obrigação contratual.

Anabela Fonseca disse ainda que a China manteve-se em 2013 como o principal comprador de petróleo extraído em Angola, com uma quota de 45% do total, tendo os Estados Unidos caído para quarto lugar devido aos progressos registados na produção de petróleo de xisto. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH