Grupo português Galp Energia aumenta montante dos investimentos na prospecção petrolífera

4 March 2014

A Galp Energia, o maior grupo petrolífero de Portugal, procedeu à revisão em alta dos investimentos previstos até 2018, que se deverão agora situar entre 1500 milhões e 1700 milhões de euros por ano, de acordo com a informação divulgada pelo regulador do mercado.

Os valores agora divulgados comparam com as previsões anunciadas em Março que mencionavam um montante de investimentos entre 1400 milhões e 1600 milhões de euros por ano entre 2014 e 2017.

Para este ano estão previstos investimentos com um valor estimado entre 1300 e 1500 milhões de euros, ainda de acordo com a informação divulgada.

Na informação distribuída pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a administração do grupo informa que cerca de 90% do investimento será aplicado no desenvolvimento de projectos aprovados e pré-aprovados, nomeadamente no pré-sal da bacia de Santos, no Brasil e na bacia do Rovuma, em Moçambique.

O grupo anunciou ainda que até 2020 deverá instalar 14 novas plataformas flutuantes de produção de petróleo adicionais no Brasil e em Angola e iniciar o projecto de gás natural liquefeito em Moçambique.

“O calendário de perfuração para 2014 inclui sete a nove poços de exploração e avaliação, incluindo um poço de exploração a ser perfurado num bloco em Marrocos”, acrescentou a Galp Energia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH