Governo de Portugal vende restantes 11% da Redes Energéticas Nacionais em bolsa

6 March 2014

O governo de Portugal vai vender a participação de 11% que o Estado ainda controla na estrutura accionista do grupo Redes Energéticas Nacionais (REN), de acordo com o jornal português Diário Económico.

O jornal adiantou que o processo de venda da participação será efectuado através de dispersão em bolsa, optação que deverá ter lugar no segundo trimestre do ano.

Os 11% detidos pelo Estado português estão nas mãos da Parpública, SGPS, com 9,9% e do grupo financeiro Caixa Geral de Depósitos com 1,1%.

Na sequência da operação de privatização realizada em 2012, os grupos China State Grid e Oman Oil passaram a ser os principais accionista da REN, com 25% e 15%, respectivamente, tendo o Estado português registado um encaixe de 592,21 milhões de euros.

Além de cinco participações qualificadas com percentagens entre 8,4% e 5,0%, 18,9% das acções representativas do capital social do grupo encontram-se dispersas por pequenos accionistas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH