Quebra da exportação de cerveja para Angola penaliza contas da portuguesa Unicer em 2013

20 March 2014

A quebra na exportação de cerveja para Angola, de menos 33 milhões de euros, penalizou o desempenho da portuguesa Unicer em 2013, ano em que a cervejeira voltou a aumentar as vendas no mercado doméstico, após nove anos em queda, informou o presidente da empresa.

Na apresentação de resultados na sede da empresa, em Matosinhos, o presidente da Unicer, João Abecasis, disse que a Unicer registou uma quebra na facturação de 20 milhões para 463 milhões de euros, tendo-se o lucro mantido praticamente ao mesmo nível de 2012, de 27 milhões de euros contra 28 milhões de euros.

Abecasis salientou o crescimento de 47% nas exportações para novos mercados, como Moçambique, Estados Unidos, Brasil e Arábia Saudita e mencionou como um dos pontos altos do exercício o início de produção de Super Bock no Brasil, através de uma parceria com a Riograndense.

Em 2013, a Unicer realizou um terço das vendas nos 50 mercados externos em que opera, despachando uma média de 57 contentores por dia, com as vendas na Europa a terem crescido 3% e constituindo a França o segundo mercado de exportação, logo atrás de Angola.

João Abecasis apontou 2016 como o ano do arranque da base fabril em Angola. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH