De Beers quer obter concessão para exploração de diamantes em Angola

25 March 2014

O grupo De Beers espera vir a conseguir até ao final do ano uma concessão para prospectar diamantes em Angola, afirmou em Londres o presidente do grupo, Philippe Mellier, citado pela imprensa internacional.

“Esperamos ter notícias sobre as licenças de exploração antes do final do ano e estamos em contacto com o governo de Angola para discutir o assunto”, adiantou o presidente do grupo, igualmente em conversações com o governo da Índia para a exploração de diamantes nas regiões central e norte do país.

A Alrosa da Rússia, o principal concorrente da De Beers, está já presente em Angola na exploração da mina de Catoca, a quarta maior em termos mundiais, numa parceria com a estatal Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama).

O grupo De Beers prospectou diamantes em Angola entre 2005 e 2012 mas concluiu que um depósito encontrado não era economicamente viável, pelo que devolveu a concessão.

O grupo, controlado em 15% pelo Botswana e nos restantes 85% pelo grupo Anglo American, produziu mais de 31 milhões de quilates de diamantes em 2013 em minas na África do Sul, Botswana, Namíbia e Canadá. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH