Agência chinesa Dagong Global Credit Rating reafirma notação de risco do Brasil de “A-“

31 March 2014

A agência chinesa Dagong Global Credit Rating reafirmou a notação de risco de “A-“ ao Brasil, três níveis acima da avaliação anunciada na passada segunda-feira pela Standard & Poor’s, noticiou a imprensa brasileira.

“A situação política basicamente estável do Brasil e a vantagem da actual presidente Dilma Rousseff na eleição presidencial são factores favoráveis para a continuidade e estabilidade das políticas”, diz relatório divulgado em Pequim.

A agência chinesa afirma, no entanto, que “o ambiente político no Brasil coloca dificuldades à introdução de reformas estruturais” e alerta para a política fiscal, dizendo que “o défice orçamental e a situação da dívida têm vindo a piorar de forma consistente.”

Afectados pelo aumento significativo da despesa pública, o défice orçamental aumentou para 3% do PIB em 2013″, diz a Dagong, cujos economistas antecipam que a dívida pública aumentará para 68,2% do Produto Interno Bruto em 2014.

A Dagong Global Credit Rating Co., Ltd. Foi constituída em 1994 por decisão conjunta do Banco Popular da China e pela antiga Comissão Económica e Comercial Estatal, sendo a agência de notação de risco reconhecida pelo governo da China. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH