Exportação angolana de petróleo com quebra de 8,5% em Janeiro

1 April 2014

As exportações angolanas de petróleo registaram uma contracção de 8,5% em Janeiro em termos homólogos para 49,2 milhões de barris, o valor mensal mais baixo desde 2011, de acordo com dados publicados na página electrónica do Ministério das Finanças.

As exportações do bloco 17, responsável por 1/3 da produção angolana, caíram cerca de 13%, passando de 18,2 milhões para 15,8 milhões de barris e as do bloco 15, o segundo maior produtor, passaram de 12,2 milhões para 10,8 milhões de barris, uma quebra de cerca de 11%.

As exportações do bloco 18, o terceiro maior produtor e operado pela BP, caíram cerca de 31%, para 3,6 milhões de barris, tendo o bloco 31, também operado pela BP, e o bloco 3/05, operado pela Sonangol, sido os únicos em que não se registaram reduções nas respectivas exportações, mas sim ligeiros aumentos.

A exportação de petróleo em Janeiro foi a segunda menor registada nos últimos cinco anos, depois da de 2011, que atingiu cerca de 48,7 milhões de barris, contra 59,2 milhões de 2010.

Dados da Sonangol indicam que a China foi, em 2013, o principal cliente do petróleo de Angola, adquirindo 45% do total, seguindo-se a Índia, com 12%, a Tailândia, os EUA, a África do Sul e Espanha. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH