Empresa indiana Essar Ports pretende investir na construção de terminal de carvão em Moçambique

3 April 2014

A empresa privada indiana Essar Ports pretende obter o apoio dos accionistas para investir 25 milhões de dólares numa parceria em Moçambique para construir um terminal de carvão no porto da Beira, província de Sofala, informou a agência noticiosa Press Trust of India (PTI).

O dinheiro será aplicado na construção de um terminal de carvão com uma capacidade inicial de 10 milhões de toneladas/ano e na constituição de uma garantia bancária no valor de 10 milhões de dólares em nome da parceria, ainda de acordo com a PTI, que cita uma comunicação aos accionistas.

A parceria, designada Novo Terminal de Carvão da Beira (NCTB, na sigla em inglês), será constituída entre a Essar Ports, com 70% e a estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique, com os restantes 30%, sendo que o terminal poderá beneficiar de uma expansão para 20 milhões de toneladas/ano caso a procura o justifique.

Na comunicação aos accionistas, a administração da Essar Ports informa que a NCTB já tem em seu poder um documento do Ministério dos Transportes e Comunicações de Moçambique atribuindo uma concessão de longo prazo a este projecto.

A empresa adiantou estar convicta de que não faltará carga para o terminal a construir, atendendo a que grandes grupos mineiros, caso do brasileiro Vale e do anglo-australiano Rio Tinto, estão actualmente envolvidos na extracção de carvão na província de Tete. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH