Tempo de despacho dos navios reduzido para metade em Cabo Verde

3 April 2014

Os novos procedimentos adoptados pelas alfândegas de Cabo Verde vão permitir diminuir, para metade, o tempo de despacho dos navios de longo curso que demandam os portos nacionais, disse à Rádio Cabo Verde o director-geral das Alfândegas, Marino Andrade.

Ao mencionar as medidas de modernização dos serviços aduaneiros, actualmente em curso, bem como das suas implicações na melhoria do ambiente de negócios em Cabo Verde, Marino Andrade disse ainda que os novos procedimentos permitirão à Agência de Regulação Económica dispor de dados mais realistas para a fixação dos preços máximos dos combustíveis no consumidor final.

O despacho antecipado de mercadorias, o registo prévio e informatizado de navios e uma gestão mais regular dos entrepostos de produtos petrolíferos são algumas dessa medidas destinadas a modernizar os serviços prestados aos operadores económicos.

Em comunicado, o Ministério das Finanças e Planeamento informou que a Direcção-Geral das Alfândegas está desde dia 1 de Abril a fazer o despacho de mercadoria e o registo informatizado dos navios, mesmo antes da sua chegada a Cabo Verde.

Estas medidas, que vão ser testadas durante o primeiro trimestre, foram conseguidas através da modernização dos serviços prestados aos operadores económicos e vão melhorar o ambiente de negócios, ainda de acordo com o comunicado oficial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH