Empresa de Angola África Têxtil reabilitada até Agosto e entregue a grupo privado

11 April 2014

A reabilitação e modernização da empresa África Têxtil, em Benguela, iniciadas em Março de 2012, estará concluída no próximo mês de Agosto, anunciou quinta-feira em Benguela, o director de estudos e projectos do empreiteiro, Koichi Nagashima.

O projecto de reabilitação, no valor de 480 milhões de dólares, está a ser financiado pelo Banco de Cooperação Internacional do Japão.

Depois de concluídas as obras, a unidade têxtil terá capacidade de produção anual de 12 milhões de peças de toalhas, um milhão e 600 mil de lençóis e 120 mil cobertores de algodão.

A maquinaria é de origem japonesa e permitirá à África Têxtil, reiniciar a fiação de algodão na ordem das 11 mil toneladas por ano.

O projecto, que engloba as unidades fabris Textang II (Luanda) e Satec (Dondo), vai criar mil e 200 postos de trabalho directos.

Logo esteja concluída a reabilitação da empresa a gestão da África Têxtil será entregue ao grupo privado Alasola, segundo escreve a agência de notícias Angop.

Apesar de ter sido inaugurada em 1974, a África Têxtil iniciou a sua actividade fabril apenas em Abril de 1977, devido aos acontecimentos que marcaram Angola antes e depois da independência, em 1975, mas voltou a paralisar em 1998 e a sua falência foi declarada em 2000.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH