Empresa de Hong Kong nomeada pela brasileira Embraer para centro de serviços do jacto Legacy 500 na China continental

17 April 2014

A empresa Metrojet, de Hong Kong, foi nomeada pela Embraer Aviação Executiva, da Empresa Brasileira de Aeronáutica, para primeiro Centro de Serviços Autorizado para o avião a jacto Legacy 500 na China continental, informou a empresa brasileira em comunicado.

De acordo com o comunicado, o respectivo contracto foi assinado no decurso da edição de 2014 da Asian Business Conference & Exhibition (ABACE), em Xangai, China, e expande um anterior acordo assinado em 2011.

Este novo contracto alarga o nível de serviços a prestar pela Metrojet, primeiro Centro de Serviços Autorizado da Embraer Aviação Executiva na China continental, que já faz a manutenção de linha e de base para os jactos executivos Lineage 1000E, Legacy 650 e Legacy 600.

Constituída em 1995, a Metrojet é líder na operação e fornecimento de serviços de manutenção para jactos executivos na região e pioneira em serviços de aviação executiva em Hong Kong, tendo recebido o Certificado de Operador Aéreo em Junho de 1997 e sendo o único operador de jactos executivos totalmente autorizado em Hong Kong.

Entretanto, a Empresa Brasileira de Aeronáutica anunciou ter procedido à entrega de 14 aviões a jacto comerciais e 20 executivos no decurso do primeiro trimestre de 2014 ou 34 aparelhos contra 29 entregues no período homólogo de 2013.

Em 31 de Março passado, a carteira de pedidos firmes ascendia a 19,2 mil milhões de dólares, um acréscimo de mil milhões de dólares relativamente ao valor registado em Dezembro de 2013. (macauhub/BR/CN)

MACAUHUB FRENCH