Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique com aumento de carga em 2013

25 April 2014

A estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) registou em 2013 um acréscimo homólogo de 18,3% no processamento de carga no segmento portuário e de 21,2% no segmento ferroviário, de acordo com dados citados pelo matutino Notícias, de Maputo.

Divulgados na Beira, no decurso de um conselho de directores, os números indicam que em 2012 nos terminais sob gestão da CFM foram diariamente processados 9745 toneladas de carga ou 3,5 milhões de toneladas/ano, quantidade que representa um acréscimo homólogo de 16,9% e 32% de toda a carga processada nos portos do país.

No segmento ferroviário, a CFM processou 3083 mil toneladas no ano passado, contra 2551 mil toneladas um ano antes.

Em 2013 atracaram em Moçambique 2353 navios, um aumento homólogo real de 135 unidades, tendo a carga globalmente processada ascendido a 30 433 mil toneladas, contra 25 725 mil toneladas em 2012.

Para 2014, os grandes desafios da empresa a conclusão da linha de caminho-de-ferro entre Moatize e Nacala, com passagem pelo Malawi, a reparação e construção de novas infra-estruturas no porto daquela cidade, o projecto do novo terminal de hidrocarbonetos no porto de Palma e a conclusão das obras permitindo que a linha do Sena aumente a capacidade de transporte de 6,5 milhões de toneladas para 20 milhões de toneladas/ano. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH