Banco árabe financia projectos de abastecimento de água em São Tomé e Príncipe

8 May 2014

O Banco Árabe de Desenvolvimento Económico Africano (BADEA) vai libertar cerca de sete milhões de dólares para financiar um projecto de abastecimento de água potável na cidade de Neves, informou em São Tomé o presidente da Empresa de Água e Electricidade.

José Maria Barros adiantou ter o respectivo acordo sido assinado naquela cidade com a empresa de construção civil, o que permite que as obras tenham início em Junho próximo.

Com uma duração de 15 meses, as obras incluem a canalização de água a partir do rio Contador, fonte de captação para alguns bairros da cidade de Neves, bem como a localidade de Ribana e Monte Forte, que ficam a pouco menos de três quilómetros daquela cidade da zona norte da ilha de São Tomé.

Neves, com mais de uma dezena de bairros e mais de 14 mil habitantes, é o agregado populacional mais importante do distrito de Lemba, distando cerca de 27 quilómetros da capital de São Tomé e Príncipe.

Este projecto de abastecimento de água segue-se a um outro do mesmo género também financiado há poucos meses pelo BADEA na cidade de Santana, distrito de Cantagalo, no sul da ilha de São Tomé, com quase o mesmo valor de sete milhões de dólares.

Apesar de dispor de 2,1 milhões de metros cúbicos de água por quilómetro quadrado, o abastecimento é deficiente no arquipélago de São Tomé e Príncipe devido à ausência de redes de distribuição. (macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH