Cerveja Cuca de Angola inicia internacionalização em São Tomé e Príncipe

12 May 2014

Os primeiros dois contentores de cerveja Cuca em lata, produzida na fábrica da Sociedade de Bebidas de Angola na Catumbela, província de Benguela, seguirão dentro de duas semanas para São Tomé e Príncipe, afirmou sexta-feira o director fabril cessante, Stephanno Cossito.

No decurso da inauguração da segunda linha de enchimento de cerveja, Cossito adiantou que os dois contentores que partirão de Angola por volta do dia 15 de Maio corrente representam a “primeira aventura” no processo de internacionalização da marca Cuca produzida naquela fábrica.

O director fabril cessante salientou que o investimento de 33 milhões de dólares efectuado pelo grupo francês Castel nesta fábrica está a permitir o aumento da produção em cerca de 60% e igualmente a melhoria da qualidade final do produto.

“Com esta nova linha, a fábrica dispõe de capacidade instalada para produzir 77 milhões de litros de cerveja por ano e responder às necessidades actuais e futuras da região de Benguela e províncias vizinhas.

O grupo Castel entrou em Angola em 2000, tendo decidido construir uma fábrica na província de Benguela, concretamente Catumbela devido à proximidade de um rio, numa altura em que com a excepção da cerveja do Lubango (N’gola), todas as demais fábricas de bebidas estavam instaladas em Luanda, capital do país. (macauhub/AO/ST)

MACAUHUB FRENCH