Grupo português vende participação em consórcio em Moçambique

12 May 2014

A Soares da Costa Concessões, SGPS, participada do grupo português Soares da Costa, vendeu a participação que detinha na sociedade concessionária das Estradas do Zambeze e na respectiva operadora, em Moçambique, informou o grupo em comunicado.

Na nota divulgada através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o grupo Soares da Costa informa ter a alienação daquela participação ao grupo também português Mota-Engil proporcionado um encaixe de 4,8 milhões de euros.

A Estradas do Zambeze é uma empresa em consórcio constituída em 2010, que desenvolve a sua actividade na província de Tete ao abrigo de um contrato de concessão com uma validade de 30 anos, sendo os seus accionistas as empresas Mota-Engil, Engenharia e Construção (43,5%), Sociedade de Construções Soares da Costa (43,5%) e Opway – Engenharia (13%).

O contrato de concessão compreende o projecto, construção, financiamento, operação e manutenção periódica da Nova Ponte de Tete, operação e manutenção das estradas nacionais entre Cuchamano e Zóbuè numa extensão aproximada de 260 km e entre Cassacatiza e Tete, com extensão aproximada de 268 km e a manutenção da estrada entre Colomué e Mussacama, com uma extensão aproximada de 156 km bem como a operação e manutenção da ponte Samora Machel em Tete. (macauhub/PT/MZ)

MACAUHUB FRENCH