Interesse da China pelos países em língua portuguesa representa oportunidade para Portugal

13 May 2014

O interesse da China pelo mundo em língua portuguesa representa para Portugal uma oportunidade de poder participar nesse processo, disse em Xangai o ministro português da Economia, ao sublinhar a importância do Fórum Macau para o aprofundamento da cooperação.

O Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (vulgo Fórum Macau) e os mecanismos que foram criados no quadro do seu funcionamento “são muito importantes para estabelecer Portugal como um parceiro de referência da China para investimentos nos países de língua portuguesa”, disse ainda António Pires de Lima.

Além da futura constituição de três centros de cooperação em Macau que contemplará as áreas de serviços para pequenas e médias empresas dos países de língua portuguesa, distribuição de produtos e sector MICE (Encontros, Incentivos, Conferências e Exposições), o ministro português da Economia atribuiu especial significado ao Fundo de mil milhões de dólares criado pelo governo da China.

“É um Fundo que se for bem orientado pode permitir grandes investimentos chineses não só em Portugal mas em outros países de “língua portuguesa, defendeu Pires de Lima, poucas horas após ter chegado a Xangai integrado na comitiva do Presidente Cavaco Silva.

Recordando que Portugal fez-se representar pelo vice-primeiro ministro, Paulo Portas, na conferência ministerial do Fórum Macau de 2013, Pires de Lima insistiu na ideia de que “Portugal tem um papel importante” no relacionamento entre a China e os países lusófonos.

“O facto de a China estar interessada em ter relações privilegiadas com os países de língua portuguesa é bom para Portugal, uma vez que significa uma oportunidade de Portugal poder participar nesse esforço de relacionamento e naquilo que se traduz depois em investimento”, realçou o ministro. (macauhub/CN/PT/MO)

MACAUHUB FRENCH