Brasil quer financiamento da China para caminhos-de-ferro

19 May 2014

Uma comitiva do governo do Brasil partiu sexta-feira para a China em busca de investimentos para financiar o programa de construção de novas linhas de caminhos-de-ferro, noticiou a imprensa brasileira.

A comitiva é chefiada pelo ministro dos Transportes, César Borges e inclui o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, informando o comunicado oficial que que o objectivo da viagem é “estreitar as relações entre os dois países na promoção de investimentos bilaterais em infra-estruturas.”

Anunciado em Agosto de 2012, o Programa de Investimento em Logística (PIL) para linhas de caminhos-de-ferro ainda não saiu do papel, estando previsto, aquando do anúncio, investimentos no montante de 99,6 mil milhões de reais (cerca de 45 mil milhões de dólares).

No início de Maio corrente, o ministro dos Transportes disse que ainda não havia previsão de quando seria o primeiro leilão e acrescentou que aguardava resposta dos investidores, que estão a analisar a viabilidade da construção do único troço autorizado até à data pelo Tribunal de Contas da União entre Lucas do Rio Verde (Mato Grosso) e Campinorte (Goiás). (macauhub/BR/CN)

MACAUHUB FRENCH