Grupo estatal chinês Nam Kwong entra no capital da Companhia de Electricidade de Macau

19 May 2014

A Nam Kwong Development (H.K.), uma subsidiária controlada a 100% pelo grupo estatal chinês Nam Kwong Company Limited, comprou 90% da participação detida pela parceria Sino–French Energy Development Co. na Companhia de Electricidade de Macau (CEM), informou o grupo francês Suez Environement.

A Sino-French Holdings (Hong Kong) Ltd, parceria em partes iguais entre a Suez Environment e a NWS Holdings Ltd, detinha, igualmente em partes iguais, a parceria Sino–French Energy Development Co., que controlava 42% do capital da Companhia de Electricidade de Macau, tendo a parcela de 90% sido alienada por 612 milhões de dólares.

Os 10% restantes na Sino–French Energy Development Co. pertencem à King Class Limited (KCL), do ex-magnata dos casinos Stanley Ho.

A NWS Holdings, que reúne os negócios de transportes do grupo New World Development do milionário de Hong Kong Chen Yu-tung, informou que esta decisão de venda vai permitir a concentração das actividades da parceria com os franceses da Suez Environment no sector das águas.

O capital social da Companhia de Electricidade de Macau era até à data detido em 42% pela parceria Sino–French Energy Development Co., Ltd e pelo consórcio sino-português constituído pela EDP Ásia – Investimento e Consultadoria, Limitada (21%), Polytec Industrial Limited (11%) e Asiainvest (IP Holding) (10%).

A China Power International Holding Ltd detém 6%, o governo de Macau tem 8% e os restantes 2% estão distribuídos por 800 accionistas locais. (macauhub/MO)

MACAUHUB FRENCH