Fitch Ratings mantém notação de risco de crédito de Moçambique em “B+”

19 May 2014

A agência Fitch Ratings manteve a notação de risco de crédito de Moçambique em “B+” com uma perspectiva (“outlook”) estável, de acordo com um comunicado divulgado sexta-feira.

A manutenção da notação de risco deriva do facto da economia de Moçambique apresentar um crescimento médio de 7%, “substancialmente superior à média de 4,2% associada à notação B”, ao longo dos últimos cinco anos, bem como a existência de recursos minerais significativos, investimentos em infra-estruturas e “ambiente macro-económico favorável.”

A Fitch Ratings salientou ainda que as pressões inflacionistas atenuaram-se e que o país dispõe de uma moeda que se tem vindo a apreciar e uma “política monetária melhorada.”

No comunicado, a agência adiantou que a exploração dos recursos minerais, tais como o carvão e o gás natural, vai permitir a continuação de um crescimento robusto, que se deverá situar próximo de 8% nos próximos três anos, com a entrada de cerca de 5 mil milhões de dólares por ano em investimento estrangeiro.”

A agência advertiu, no entanto, para os riscos associados aos atrasos na construção de infra-estruturas, queda dos preços das matérias-primas e um aumento da violência política.

Além disso, Moçambique está a apresentar em cada ano que passa défices orçamentais cada vez maiores, com 12,8% do PIB em 2014, contra 9% em 2013 e 5,2% em 2011, o que “levanta dúvidas quanto ao comprometimento do governo numa política orçamental prudente.” (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH