Noruega tem novo representante em São Tomé e Príncipe

22 May 2014

A Noruega pretende reforçar a cooperação petrolífera com São Tomé e Príncipe, sobretudo nas áreas de assistência técnica e formação de quadros, anunciou quarta-feira em São Tomé a nova embaixadora norueguesa no arquipélago.

Ingrid Ofstad fez esta declaração após ter apresentado a carta credencial ao Presidente da República Manuel Pinto da Costa durante a cerimónia oficial de acreditação na qualidade de representante da Noruega em São Tomé e Príncipe.

A diplomata disse que “a Noruega quer continuar a cooperar com São Tomé e Príncipe no sector do petróleo”, tendo sublinhado que o Estado norueguês “vai continuar a prestar assistência e a formar quadros são-tomenses.”

A Noruega, através da Petroleum Geo-Service, PGS, havia anunciado em 2007 a possibilidade da existência de hidrocarbonetos na zona marítima exclusiva de São Tomé e Príncipe na sequência de estudos sísmicos realizados ao abrigo de um acordo entre os dois países assinado em 2001.

Além da assistência técnica prestada pela PGS no processo de leilão de blocos lançados em 2008 relativos à zona exclusiva são-tomense, a Noruega tem apoiado a formação de quadros são-tomenses e a participação de São Tomé e Príncipe na Iniciativa de Transparência nas Indústrias Extractivas.

Além da zona exclusiva, São Tomé e Príncipe dispõe ainda de uma área marítima de exploração conjunta com a Nigéria surgida na base de um tratado que estabelece 60% de receitas petrolíferas para os nigerianos e os restante 40% para o arquipélago são-tomense. (macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH