Coreia do Sul empresta 124 milhões de dólares a Moçambique

27 May 2014

O Banco de Exportações e Importações da Coreia do Sul concedeu dois empréstimos no montante de 124 milhões de dólares a Moçambique para a construção de uma estrada e de aterros sanitários, informou o matutino Notícias, de Maputo.

De acordo com o jornal, os dois acordos de crédito segunda-feira assinados incluem um de 75,441 milhões de dólares para a construção da Estrada Nacional Número 104 (N104), que liga Nampula e Nametil, na província de Nampula e um outro de 48,621 milhões de dólares para a construção de aterros sanitários em Maputo e Matola.

Os dois empréstimos têm um período de amortização de 40 anos, incluindo 15 de período de graça e uma taxa de juro de 0,01%.

O projecto de construção da EN104 cobre um troço de 74 quilómetros entre a cidade de Nampula e a vila de Namitil, que passará a ser asfaltada, havendo a expectativa de a mesma vir a impulsionar, por um lado, a circulação da população e, por outro, o fluxo de transporte e escoamento de mercadorias para os distritos circunvizinhos de Angoche e Moma, potenciais produtores de produtos agrícolas, pescado, areias pesadas e titânio.

Com o projecto de construir aterros sanitários prevê-se a edificação de uma infra-estrutura moderna de deposição e tratamento de resíduos sólidos urbanos, que vai servir as cidades de Maputo e Matola, com uma capacidade estimada de cerca de 1400 toneladas/dia.

Yim Seong-Hyeog, vice-presidente do Banco de Exportações e Importações da Coreia do Sul, disse, na assinatura dos acordos de crédito, que o primeiro projecto financiado pela Coreia do Sul em Moçambique foi a construção do Hospital Central de Quelimane em 2008, tendo no total sido já concedidos créditos bonificados no valor de 318 milhões de dólares para financiar 8 projectos. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH