Empresa ferroviária de Moçambique vai recuperar 300 vagões

28 May 2014

Trezentos vagões vão ser recuperados na cidade da Beira, província de Sofala, ao abrigo de um projecto que envolve instituições especializadas de Moçambique, Zimbabwe e a China, disse o director para a região Centro da Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique.

Cândido Jone disse que os trabalhos de recuperação de material circulante foram retomados recentemente depois de um longo interregno ditado pela racionalização da força do trabalho no sector ferroviário, imposta no quadro do programa de restruturação da empresa.

Este exercício, adiantou Jone ao matutino Notícias, de Maputo, causou uma quebra de produtividade das oficinas gerais da CFM, unidade que se dedica ao trabalho de recuperação dos vagões.

O objectivo é reforçar a frota de vagões disponíveis e, consequentemente, aumentar a capacidade dos comboios, principalmente na linha de Machipanda, tendo em vista atrair mais carga, grande parte da qual é actualmente escoada por via rodoviária.

Cândido Jone informou ainda ir ser lançado um concurso público para a aquisição de 34 carruagens novas de primeira, segunda e terceira classes para suprir o défice actual. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH