Hidroeléctrica de Cahora Bassa pretende privilegiar PME de Moçambique

23 June 2014

A Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) pretende privilegiar cada vez mais as pequenas e médias empresas moçambicanas na compra de bens e serviços, garantiu Paulo Muxanga, presidente da Empresa.

No decurso de um encontro realizado em Tete para identificar estratégias para o envolvimento das PME nas compras da empresa, Paulo Muxanga disse ser esse um dos objectivos do portal de fornecedores instituído no ano passado pela empresa com o objectivo de tornar os anúncios de concursos disponíveis para toda a comunidade empresarial moçambicana.

De acordo com o matutino Notícias, de Maputo, Muxanga disse ainda que a administração da HCB tem estado a sensibilizar o pessoal ligado às compras sobre a pertinência da aquisição de bens e serviços moçambicanos, recorrendo-se excepcionalmente à importação quando o mercado doméstico não tenha capacidade de resposta.

O presidente da HCB adiantou que volvidos cerca de quarenta anos da existência da empresa, há necessidade de promoção de uma maior colaboração com as PME no fornecimento de bens e serviços ao empreendimento.

“Pretendemos encontrar uma plataforma de negócios que permita que as pequenas e médias empresas moçambicanas tenham igual acesso às oportunidades de negócio oferecidas pela HCB”, disse, acrescentando que o outro objectivo é de consolidar a transparência dos processos de contratação de fornecedores.

Desde 2013 o Portal de Fornecedores tem registadas mais de 600 empresas nacionais de pequena e média dimensão que já estão envolvidas em negócios com a HCB. (macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH